Gere riqueza com o SEO, o primo pobre do marketing de buscas

No marketing de buscas, SEM (Search Engine Marketing) é considerado o primo rico e SEO (Search Engine Optimization) o primo pobre. Por conta disto, muitos subestimam a importância de uma boa estratégia de otimização na busca orgânica, a ponto de muitos donos de websites que investem em links patrocinados, visivelmente ignorarem o poder de uma ferramenta que requer muito pouco ou, na maioria das vezes, custo zero de implementação.

Pensando nisto, elaborei uma lista de 10 perguntas para guiar sua estratégia de SEO que, ser um ponto de partida para um detalhamento de um plano maior de aquisição de clientes através dos mecanismos de busca. As respostas visam identificar quem são seus buscadores, o que eles procuram, como você pode satisfazer suas necessidades e como você pode convencê-los a contribuir para os objetivos do seu negócio. As perguntas têm relação com seu próprio negócio, respostas que já devem estar claramente respondidas em seu business plan, e com informações sobre as intenções de seu público-alvo, que podem e devem ser construídas utilizando as diversas ferramentas disponíveis nos próprios buscadores ou de terceiros.

Ei-las:

1) Qual é o objetivo primário do seu empreendimento e do seu website e, fundamentalmente, como você mede o sucesso: Vendas? Cadastros? Clicks? Visitantes únicos? Page-views? Todas essas métricas em conjunto?  Identifique claramente quais são seus objetivos.

2) Qual é o seu público-alvo e o que eles realmente estão procurando?

3) Quais são as tendências gerais do seu mercado com base nas informações dos buscadores? Use o Google Trends para checar as tendências através de volume de buscas para palavras-chave e, principalmente, combinação de palavras-chave.

4) Que palavra(s) mostra(m) o que a audiência está mais interessada? Use o Google Adwords Keyword Tool para descobrir os tópicos de maior interesse.

5) Como a maioria dos visitantes chega ao seu website? Use ferramentas de análise de tráfego externas (ex: Google Analytics) e internas, em conjunto, para isto.

6) Quais são as páginas do seu site que geram mais tráfegos através dos buscadores? Use as informações de sites de referência dos analytics para levantar esses dados.

7) Quais são as subcategorias de tópicos que atraem os mais qualificados clientes potenciais? Use informações de sua campanha de links patrocinados, como o Google Adwords (se você não tem ou nunca teve uma, crie uma com investimentos mínimos, pois vale a pena) e dados em conjunto de outras áreas da sua empresa para identificar quais são esses tópicos.

8) Quais desses tópicos combinam mais com a comunicação da sua marca, produtos, serviços e estratégia?

9) Qual é o cenário da sua concorrência? Use ferramentas como o Google Trends para Websites para analisar e compreender seus competidores, seus tópicos, palavras-chave e audiência.

10) Que necessidades de seu público não estão sendo satisfeitas – tente identificar os resultados pobres para alguns tópicos com volume relevante de buscas – e como seu negócio pode capitalizar isto?

Responda a cada uma dessas questões e veja seu website subir rapidamente nas buscas orgânicas e gerar mais resultados para seu negócios.

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=pcg-z_OyUlU%5D