Eldes Saullo

Casa do Escritor

A Saga de uma Autora Independente – Entrevista com Josy Stoque

Entrevistei Josy Stoque, autora da Saga Os Qu4tro Elementos, de diversos contos e também dos livros Insensatez, Estrela e Puro Êxtase, entre outros. Ela conta sobre os processos de planejamento, escrita, publicação e marketing de seus livros.
Existem diversos métodos para contar histórias, como a Jornada do Herói, começar do fim, fazer mindmaps, brainstorms, entre outros. Que método você utiliza?
Josy: Eu organizo o enredo, um roteiro com minhas primeiras ideias e com as novas, por capítulo, me sinto mais à vontade e com menos branco para escrever desta maneira porque tenho um caminho ao qual seguir, apesar que, conforme a escrita, novas ideias sempre surgem. Também crio perfis para o protagonista e os personagens principais, montando a história de sua vida, sua personalidade, sonhos e decepções. Tento torná-los o mais reais possível para mim.
Como é sua rotina de escritora, o seu dia a dia com o ato de escrever e reescrever? Como se disciplina a escrever?
Josy: Não preciso de muita disciplina para escrever, é como um vício, as ideias jorram e não tenho outra alternativa a não ser escrever até terminar. Costumo brincar que os personagens conversam comigo, não me deixam comer nem dormir direito, portanto, só me resta contar logo a história deles. Eu me entrego inteiramente e quando termino, fico na maior ressaca. Todo o processo de escrita é doloroso, mas o de reescrita, edição e revisão, é sempre pior. Dou um tempo do trabalho para voltar para ele com um olhar diferente do qual escrevi, para ser mais crítica possível. Sento e faço devagar, um processo bem diferente da escrita.
Você já tinha submetido livros para editoras antes? Como você descobriu a autopublicação?
Josy: Já, sim, várias, cheguei a lançar dois livros da minha saga por uma editora por demanda. As editoras tradicionais nunca chegaram a me responder, ou quando o fizeram, depois de anos, negaram. Descobri a autopublicação assim que a Amazon chegou ao Brasil. Foi pelo intermédio de meu colega e padrinho, Marcelo Paschoalin, foi através dele que entrei no mercado editorial brasileiro e depois me tornei independente. Foi a melhor coisa que me aconteceu. Depois da autopublicação, minha carreira finalmente começou a acontecer, inclusive a tradução para o inglês de minha obra de estreia.
A autopublicação te libera da persistência e da “sorte” de ser escolhido por uma editora, mas exige que você invista no próprio marketing e na tecnologia. Como você promove seus livros?
Josy: Sou publicitária formada, mas também tenho fascínio pela internet e estou sempre antenada nas últimas novidades. Sou também viciada em mídias sociais e foi através dela que comecei a promover meu trabalho como escritora. Basicamente uso todas as redes sociais, meu site e e-mail marketing para divulgação de meu trabalho. Tem dado resultado, até já ofereci dicas para autores autopublicados do que fazer e o que não fazer. Mas também tenho algum apoio da própria Amazon, com promoções periódicas, para a qual já fui selecionada muitas vezes.
Também vale a pena ler o post da Josy sobre como a Amazon mudou sua carreira:
http://www.josystoque.com.br/2014/05/um-ano-na-amazon-que-mudou-minha.html

LEIA TAMBÉM:  Das Fanfics aos Livros - Entrevista com Tatiana Amaral

Topo-Google[1]

Siga-me!
error

Anteriores

Como Publicar seu e-book na Amazon em 5 Minutos

Próximo

A Musa do Escritor é o Prazo – Entrevista com Daniel Cariello

  1. Obrigada pela oportunidade de dividir um pouco do universo dos livros com seus leitores que, como eu, está buscando uma oportunidade.

  2. Republicou isso em Elieser E. Borbae comentado:
    Really nice example!!!

  3. Parabéns pelo site e pelo material. De primeiríssima qualidade;

  4. Muito bom Eldes, pelo seu trabalho; tô te seguindo rrrsss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Eldes Saullo © Direitos reservados