A autopublicação faz de você um autor sem ansiedades.

Pâmi Garcia

Pâmi Garcia é autora de não ficção em um dos nichos que mais vendem na Amazon: relacionamentos. Seus livros “Aprenda a Amar” e “Aqueça o seu Coração e a sua Cama” são dois grandes sucessos de vendas na maior livraria do mundo. Confira a entrevista de Pâmi para o Livros Que Vendem.

Eldes: Existem diversos métodos para escrever livros de não-ficção, fazer mindmaps, criar índices antes de escrever, fazer brainstorms de capítulos e subcapítulos, entre outros. Como você planejou seus livros Aprenda a Amar e Aqueça Seu Coração e Sua Cama?

Pâmi: Eu divido a minha escrita em etapas:
1° Faço a escolha do tema a ser abordado. (no “Aqueça seu Coração e a Sua cama e o Seu Coração” sobre como as mulheres podem criar uma vida afetiva mais feliz e no “Aprenda a Amar” sobre como manifestar a amorosidade na vida afetiva);
2° Faço um brainstorm de quais os capítulos não podem faltar (nesse momento já vou escrevendo algumas palavras chaves ou subtítulos se surgir);
3° Faço pesquisas nos livros que já li e nos colegas de trabalho para capturar citações e embasamento para meus argumentos;
4° Após os passos acima, alguns dias depois, começo a desenvolver os capítulos, um a um (não me preocupo em aprofundar muito e nem em ser breve, apenas me ocupo em desenvolver o tema);
5° Processo de lapidação da escrita. Aqui reinicio o desenvolvimento de todos os capítulos, vou relendo e reescrevendo ou deletando o que não faz sentido;
6° Processo de re-lapidação (repito o processo anterior);
7° Envio para a minha revisora (Amanda Lassak);
8° Recebo o trabalho de revisão e vejo quais foram meus erros, quais foram as sugestões e vou aceitando ou eliminando aquilo que discordo;
9° Pronto! 🙂

Eldes: Você tem uma rotina de escritora? Caso positivo, como se disciplina a escrever? Pretende escrever novos livros sobre o assunto?

Pâmi: Tenho a ambição de escrever 70 livros até o final de minha vida. Espero que consiga! 🙂 Não é tão simples, exige tempo, disciplina, autoestima… O que faço é escrever pela manhã, por volta das 5h até as 9h aproximadamente. Percebi que se quero escrever tenho de priorizar, por isso levanto cedo.

Eldes: Você já tinha submetido livros para editoras antes? Como descobriu a autopublicação?

Pâmi: Eu já enviei sim para editoras. Enviei o “Aqueça seu Coração”, mas, é realmente muito difícil. Os editores preferem publicar livros de autores já conhecidos, ou sabe-se lá exatamente que critério usam (risos), enfim. Decidi que vou fazer o meu trabalho sozinha, se um dia alguém desejar publicar meu trabalho: ótimo!

Eldes: A autopublicação libera o autor da persistência e da “sorte” de ser escolhido por uma editora, mas exige que invista no próprio marketing e tecnologia. Como você promove seus livros?

Pâmi: Sim, a autopublicação é excelente. Faz de você um autor sem ansiedades, sem aquelas noites mal dormidas imaginando se o editor vai gostar ou não do que você escreveu. Faz de você um autor focado apenas no leitor. Recomendo.

Sem dúvidas o maior desafio da publicação independente é que você terá de ser, além de escritor, marketeiro. Primeira coisa a se fazer é lembrar das dezenas de pessoas que conhecemos pessoalmente e ser um pouco “chato” mesmo e insistir para que comprem. Eles vão gostar do seu livro e indicar para os amigos. Faça uma tabela em Excel dos amigos que você tem liberdade para ser insistente e insista. Vá anotando quem já comprou para não perguntar novamente se a pessoa comprou.

Quando souber que a pessoa leu seu livro, envie o link da página de comentários de seu livro e peça que ela deixe uma crítica sincera, isso fará seu livro mais popular na Amazon e auxiliará quem não conhece seu trabalho a querer comprar seu livro.

Eu faço vídeos no Youtube que ensinam um pouco do que meu livro transmite, faço isso aproximadamente uma vez por semana. Escrevo em meu blog sobre meu livro. Além disso pago publicidade no Facebook, Google e Bing. O escritor deve se alegrar por saber que nosso mundo atual nos oferece publicidades a custos realmente muito baixos ou até mesmo gratuitas. Estamos em uma época maravilhosa para a criação de livros em autopublicação.

Outra dica: Quando eu estava escrevendo o “Aprenda a Amar”, sempre que escrevia uma frase impactante ou que eu apreciava em especial, colocava na rede social seguido de “Aprenda a Amar – Pâmi Garcia (em breve à venda).

Conecte-se com Pâmi Garcia em:

Site: http://pamigarcia.com
Youtube: http://youtube.com/pamigarcia1

Fique por dentro dos Livros Que Vendem em:
www.livrosquevendem.com.br
www.facebook.com/livrosquevendem/
www.youtube.com/livrosquevendem/