As Melhores Práticas de E-mail Marketing para Escritores

email-marketing-para-escritores

Você já ouviu a expressão “o dinheiro está na lista”? Ela se refere à Lista de E-mails, a estratégia mais efetiva de marketing para negócios. Isto inclui o negócio de autores e seus produtos, os livros.

O e-mail pode ser considerado a principal arma do marketing digital. Ter uma lista de e-mails é o maior ativo que um escritor pode ter hoje. Ela contém o dado mais direto de contato com seu leitor ideal com a vantagem dele pertencer a você e não a uma empresa. Por exemplo, os fãs de sua página no Facebook não são seus, os assinantes do seu canal no Youtube não são seus.

Desta forma, listo algumas dicas para que você que ainda não começou a construir seu relacionamento por e-mail, repense suas estratégias e dê a devida atenção a este poderoso canal de comunicação:

1 – Crie uma Isca Apetitosa

Uma isca é algo que você dá para as pessoas que se cadastram em sua lista de e-mails. Outra nomenclatura usada é Imã de Leads. Você pode oferecer o primeiro capítulo de um livro em PDF, um e-book completo ou até mesmo vídeos, audiobooks etc. Precisa ser com algo de valor que motive a pessoa a informar seu e-mail em troca.

Para autores de ficção, a melhor isca são histórias gratuitas porque mostram um pouco da sua forma de contá-las. Porque se elas não motivam seu visitante a se cadastrar, então aquela pessoa não é um verdadeiro fã.

Você pode considerar uma história exclusiva para fãs que se desenrole em capítulos por e-mail, disponibilizar o primeiro livro de uma trilogia, por exemplo, com a vantagem adicional de aumentar as vendas dos outros livros da série ou até uma versão especial de um livro disponível apenas no formato digital.

Autores de não ficção têm mais opções como relatórios, checklists, infográficos e outras informações relativas ao seu nicho. Da mesma forma, a isca só converterá se for extremamente indispensável para o leitor.

2 – Capture E-mails

Você captura e-mails utilizando ferramentas específicas de organização e disparo como MailChimp, Aweber, GetResponse, entre outras. Elas geram formulários que você insere em uma página Web. Esta página deverá conter um título de impacto e o formulário com os campos de cadastro, além de ter um visual atraente.

Não encha sua página de captura com links ou funções irrelevantes. Foque no objetivo principal: gerar leads para sua lista.

3 – Direcione Tráfego e Monitore

Utilizando seus livros, redes sociais e a Internet, através de links pagos ou orgânicos, direcione pessoas para sua página. Mais importante do que a quantidade é a qualidade do seu assinante. O crescimento de uma lista qualificada está relacionado a atrair e reter seus leitores mais leais.

Utilize ferramentas como o Google Analytics e as fornecidas pelos próprios serviços de e-mail para monitorar a conversão de cada pessoa que acessa sua página.

Descubra como obter cada vez mais assinantes sem alterar o tráfego. Para isto, existem três sugestões:

a. Teste sua Isca

Se o conteúdo que você está utilizando não converte ou convence menos do que deveria, considere alterá-lo. Ofereça algo diferente com muito mais valor para seu leitor ideal e faça testes.

b. Teste sua Página

Faça o mesmo com sua página – mude título, textos, cores, imagens – e monitore a conversão. Se melhorar, mantenha a nova disposição. Se piorar, retorne para a anterior. A melhor forma de se fazer isto é através de Testes A/B, que permitem que você mantenha duas ou mais páginas simultâneas e opte pela de maior resultado. Uma boa ferramenta para isto é o LeadPages.

b. Teste seu Título

O título da página é de extrema importância para transformar visitantes em assinantes. Ás vezes, uma simples mudança de palavras pode gerar aumentos significativos nos cadastros. Confira meu post sobre títulos para se inspirar.

4 – Configure as Auto Respostas

Auto Respostas ou Autoresponders são e-mails em sequência que você deixa pré-configurados nas ferramentas de disparo.

O momento imediatamente após a inscrição é o mais especial porque é quando um leitor interessado está aguardando ansioso por alguma coisa boa vinda de você.

Crie uma sequência de, pelo menos, sete e-mails contendo o agradecimento pelo cadastro e uma mensagem de introdução ao seu conteúdo, sua história e informações relevantes para seu público.

Para escritores de ficção, considere entregar um capítulo de uma história a cada dia. Aproveite e peça, no final de cada e-mail, um feedback do leitor.

Deixe para vender algo apenas a partir do sétimo e-mail.

5 – Envie Broadcasts

Broadcasts são mensagens independentes enviadas para toda sua lista ou para segmentos dela em datas e horários que você determinar.

Utilize para avisar aos seus assinantes o que está acontecendo: um novo lançamento, um novo post no blog, uma promoção do livro ou um desconto especial. Use também para fazer pesquisas com sua audiência ou fazer perguntas pertinentes aos seus leitores.

6. Conteúdo é Rei

A decisão de se abrir um e-mail começa em seu título. Ele é capaz de aumentar ou destruir suas taxas de abertura. O destinatário não só escaneia o nome de quem enviou a mensagem, mas também o assunto para já obter uma ideia do conteúdo.

Seja ético, respeitoso e abuse do bom humor caso queira impactar de verdade seu público. Seja relevante desde o título até o ponto final do seu e-mail e veja suas taxas de abertura crescerem.

Afinal de contas, se seu e-mail não for aberto, ele não será lido. Se não for lido, o impacto de sua mensagem é igual a zero.

Portanto, foque em ampliar sua lista de forma qualificada dia após dia, teste sua isca, página e títulos e crie um relacionamento consistente com seus leitores enviando mensagens relevantes através de Autoresponders e Broadcasts.

Para terminar, se usuários se descadastram da sua lista, não se deprima. Muito pelo contrário, comemore. Se o sujeito não deseja ler o que você oferece de graça, imagine se vai querer comprar um livro seu.

Para mais estratégias sobre como escrever, publicar, promover e vender mais livros, confira meus e-books, disponíveis na Amazon Brasil: