Com Quantos Contos se Faz um Mundo?

com-quantos-contos-se-faz-um-mundo

“Com Quantos Contos se Faz um Mundo?” é um livro diferente.

Treze autores contam histórias sobre a infância, alguns de suas próprias, outros de um mundo inventado.

Apesar de independentes, os contos formam uma colcha de Universos Paralelos que se transformam, ao fim do livro, em uma aventura só: a infância coletiva da humanidade.

Os autores, alunos de meu curso “Lance um Livro“, voltado para não ficção, toparam escrever histórias infanto-juvenis. O resultado é fantástico.

Vanessa Syrio mostra em “A Brincadeira e o Hábito” como uma brincadeira sobre o futuro muda o destino das crianças.

Irene Valente narra a conversa de Maria e o Sol e, com isto, abre as portas da iluminação em “O Sonho”.

Fernanda Giannini nos conta uma história de princesa e madrasta muito diferente dos contos de fadas em “O Espelho do Coração”.

Gislania Dornelas, em “Leo e Os Ovinhos”, ensina sobre o valor da vida contida dentro de um ovo de passarinho.

Rutty Steinberg nos conta a história de Renato e sua jornada de “Super Ação”, feita de poesia e determinação.

Barsham Marques nos apresenta “As Descobertas de Anitram”, uma garotinha curiosa que viaja em companhia da avó.

Salete Ziani narra as aventuras de Alef e Aída, duas oncinhas com ideias diferentes sobre uma temível montanha em “A Destemida na Montanha dos Sonhos”.

Maria Helena Malengo D’Auria, em “A Mulher Chorando”, nos brinda com um conto de amor fantástico em uma exposição de Pablo Picasso.

Isi Golfetto mostra em “Chegou Chegando” que se abrir para o mundo é muito mais divertido do que viver em uma panelinha.

Sylvia Regina Pellegrino narra um retorno emocionante para casa em “Mente da Fome”.

Laís Almeida nos brinda com a singela história de “Belinda”, uma garotinha as voltas com a tal da felicidade.

Em “Festa da Natureza”, conto de Fernando Odilon, uma estrela cadente ensina sobre o amor incondicional.

Por fim, em “Saturno em Escorpião”, completo com a história de Pedrinho e seu primeiro dia de aula com uma professora para lá de enigmática.

“Com Quantos Contos se Faz um Mundo?”  tem 100% de seus royalties revertidos ao projeto Alfabetização Solidária (AlfaSol).

Ao longo de 17 anos de atuação, o AlfaSol já atendeu mais de 5,5 milhões de alunos, capacitou cerca de 260 mil educadores, beneficiou 2.271 municípios, ou seja, a metade dos municípios brasileiros.

Distribuiu mais de 131 mil óculos e também livros e acervos bibliográficos para 618 mil alunos e educadores. Você também pode contribuir diretamente para o Alfabetização Solidária em www.alfasol.org.br/participe

Que cada conto faça você relembrar um pouco sua infância, enquanto contribui para o aprendizado de muitas crianças patrocinadas pelo Alfabetização Solidária.

Era uma vez…

comprar-book