Entrevista com Lene Nunes – O Escritor Não é Nada Sem o Leitor

Lene Nunes é uma escritora baiana que se considera uma pessoa calma e otimista.

Sempre gostou de ler, mas diz que os livros eram raros. Até que ganhou uma Bíblia e passou a ler suas histórias por horas a fio. Inspirada pela literatura cristã, passou a desenvolver sua escrita na mesma linha, aperfeiçoando sua escrita através da prática.

Até que seu primeiro romance veio ao mundo “Valentina, o Brilho de Uma Vida”, editado pela Casa do Escritor.

Conversei com Lene sobre escrita e o resultado você lê neste post…


Eldes Saullo:Por que você escreve?

Lene Nunes: Escrever para mim é uma missão, um ministério que Deus me deu. A literatura tem um alcance e um poder de transformação muito grande e meu intuito é que meus livros cheguem onde eu não posso ir e leve uma mensagem de fé e esperança.

Eldes Saullo: Qual foi a inspiração para escrever “Valentina”?

Lene Nunes: Sou cristã e sei o valor que cada ser humano tem para Deus. Chamou muito minha atenção o que bullying tem feito com muitas pessoas. Vemos constantemente histórias de jovens que chegaram ao ponto de tirar suas vidas ou destruir a vida dos outros por não suportarem a pressão por não atenderem a um determinado padrão da sociedade. O que pretendo expor em meus livros é a realidade em que vivemos somada à realidade que a Palavra de Deus nos propõe. Jesus nos diz que somos o sal da terra e a luz do mundo, mas muitas vezes nós ignoramos isto e abraçamos o que as pessoas dizem. Com a junção dessas duas ideias surgiu a ideia de escrever “Valentina”, meu primeiro livro.

Eldes Saullo:Existe algo que você acha mais particularmente desafiador como escritora?

Lene Nunes: Acho um desafio lidar com diferentes redes sociais, onde tudo é muito rápido e você tem que administrar seu tempo para dar conta de tudo.

Eldes Saullo: Alguns autores delineiam seus livros, outros escrevem de forma mais intuitiva. Como é seu processo criativo?

Lene Nunes: Eu gosto de escrever separadamente cada capítulo com o resumo para me nortear na história. No mais, não sou muito disciplinada. Muito do que escrevo surge quando estou nos afazeres do dia a dia. Tenho uma mente muito ativa, por isso sempre carrego papel e caneta comigo e, muitas vezes, capítulos inteiros são escritos assim.

Eldes Saullo:Como você faz para divulgar e fazer seu livro chegar a cada vez mais leitores?

Lene Nunes: Eu criei um blog e uma página para esse e outros livros que virão. Eu uso muito o facebook. Os grupos onde estão meu público-alvo e os amigos me ajudam com o famoso boca a boca. O escritor não é nada sem o leitor. É importante definir um público-alvo e criar conteúdos específicos para ele.

“Valentina, o Brilho de Uma Vida” está disponível em papel e e-book na Amazon.

Acompanhe Lene Nunes em seu blog: escrevendosuahistoria.com.br

 

***

Compre na Amazon