Escrever para Ensinar Crianças – Entrevista com Irene Costa

Irene Costa, autora de livros infantis evangélicos, se considera uma escritora por acaso.

A entrevistada da vez do blog conta que escrever tem muito a ver com seu modo de “desabafar” o conteúdo que acumulou lendo e experimentando a vida, de inúmeras maneiras e sob as mais variadas circunstâncias.

“Também tem a ver com minha missão de vida”, conta a autora de A Ovelhinha Perdida, lançamento para o público Infanto-juvenil com o selo Casa do Escritor.

Irene é Professora de Teologia, faz parte da Aliança Pró-Evangelização Presbiteriana, e avó.

Portanto, a inspiração para escrever o livro veio da Bíblia e da sua relação com seus alunos e netos.

Como poderia ensinar sem escrever? Foi automático. Quando escrevo, penso em meus alunos – e muito do que produzo tem esse destino. Mas penso também em meus netos. Em momento algum me vejo longe da mania que adquiri de mentorear esses pequeninos seres que enchem meus dias de excitamento”.

Irene, que mora em Goiânia, conta que escreve para guardar o que aprende, transmitir o que sabe e para deixar gravado, para quem ela preza, seu legado de vida.

Penso nas crianças – esses seres fenomenais que fazem totalmente a minha cabeça”.

A inspiração veio de uma parábola de Jesus Cristo.

“Eu só acrescentei outros elementos inspirados em outro texto sagrado, o Salmo 23, à saga fenomenal do incansável pastor à procura da sua pequena fujona”, completa a autora.

Um dos grandes diferenciais do livro está na abordagem, com a ênfase nos cuidados e no amor do Pastor.

Na maioria dos livros inspirados na parábola da ovelha perdida, o foco costuma estar na ovelha.

Outro diferencial são as ilustrações fantásticas do Saulo Nunes.

Com uma imensa facilidade para escrever, seu maior desafio sempre foi publicar.

Ela conta que já se frustrou no passado, quando tentou lançar dois livros sem sucesso.

“Hoje sou bastante tranquila quanto a isso. Depois de muita decepção, descobri o caminho das pedras e, nos últimos tempos, estou bastante animada”.

Como Professora de Teologia, seu processo criativo, de uma forma ou de outra, sempre passa pela Bíblia.

“É dela que tiro histórias e princípios que aplico aos meus escritos. Contudo, sempre sobra um espaço para falar sobre filosofia, arte, crianças e relacionamento. Tenho boas crônicas do cotidiano, ainda não publicadas e algumas outras temáticas”.

Tudo isto é o resultado da grande paixão que Irene tem pela leitura e disto vem o conselho para outros autores e também leitores:

“Priorizem leituras inteligentes e que acrescentem aprendizados eternos ao simples prazer de ler”.

Depois de superar os obstáculos da publicação, ela diz que o novo desafio está em aprender a arte de divulgar seus trabalhos.

Publicada pela Casa do Escritor, Irene lançou A Ovelhinha Perdida em português e também em inglês, The Lost Little Lamb.

Ambos estão à venda na Amazon, tanto em e-book quanto em papel.

***

Compre na Amazon

Comente, responda, participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s